«De todos os cantos do mundo»

mundoidealInspirada pela poesia de Sophia de Melo Breyner, a escrita flui, o desejo e o sonho de viajar agudiza-se, a liberdade invade o pensamento…

«De todos os cantos do mundo chegam notícias de paisagens, pessoas e lugares. Chegam promessas de viagens sonhadas que não pude realizar.

Chegam ecos de aventuras imaginadas.

Chegam imagens de cidades grandes, cheias de cor, luz e folia,

banhadas por rios coloridos e curvilíneos,

Chegam postais de praias desertas,

Onde gostava de me banhar e contemplar amanheceres mágicos.

De todos os cantos do mundo chegam mensagens de fé e reflexão,

De templos, igrejas, sinagogas e mesquitas,

Onde o nome de Deus se multiplica em contínuas orações e nunca é vão.

Chegam informações científicas de rituais sagrados e milenares,

De povos que se besuntam com a terra e inscrevem no corpo códigos e sinais,

De festas e de romarias, de Carnavais em terras quentes.

De todos os cantos do mundo,

Chegam novidades de aventuras, assaltos e sobressaltos,

De destemidos que escalam montanhas,

E de audazes valentes que atravessam as areias do deserto.»

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s