Lei 1 – A Lei da Potencialidade Pura

hqdefault.jpg

Esta lei é essencial para o nosso autoconhecimento, tem a ver com a nossa consciência pura, que é também a nossa natureza essencial. Segundo Deepack Chopra quando descobres esse estado puro de ti mesmo encontras «a capacidade para realizar todos os sonhos, porque nós somos a possibilidade eterna, o potencial imensurável de tudo o que foi, é e será.»

Ao nos ligarmos à nossa essência abandonamos os medos, a necessidade de controlo do outro e das coisas, deixamos de nos manipular pelo nosso próprio ego e pelo papel social que este desempenha. «O nosso verdadeiro Eu, que é a nossa alma, encontra-se totalmente liberto destas coisas. É imune à crítica, não teme os desafios, e não se sente inferior a ninguém. E no entanto, também é humilde e não se sente superior a ninguém, pois reconhece que todos os outros constituem o mesmo Eu, a mesma alma sob diferentes formas».

Mas de que forma poderemos nós aplicar esta Lei da Potencialidade Pura nas nossas vidas para aprofundar esse autoconhecimento?

O autor refere-nos três práticas essenciais para a construção desse caminho. São elas o exercício do silêncio, a meditação e o não julgamento.

Que me dizem? Nada fácil não é verdade?…Contudo podemos aos poucos ir aplicando estes princípios na nossa vida. O ideal seria experimentar mais vezes o silêncio, “desligarmo-nos” do mundo e das suas conexões, mas se levas uma vida atribulada, que tal começares por definir momentos do dia ou da semana para isso? O importante é mesmo começar.

E a meditação? Alguma vez já experimentaste? Podes começar por fazer uma pausa por breves minutos no teu dia e ires aumentando a intensidade ao longo do tempo, podendo chegar a meia hora diária ou até mais. O que importa é que te sintas bem nesses breves instantes em que fechas os olhos e mergulhas em ti mesmo.

Quanto à última proposta, bem esta se calhar é mesmo a mais difícil de todas…como não tecer comentários negativos e depreciativos sobre os outros, quando vives numa sociedade que adora deitar abaixo tudo e todos, a começar no teu emprego, no teu bairro, nos grupos que frequentas…?Pois, aí o desafio pode consistir em te comprometeres a não tecer juízos de valor, nem que seja durante alguns momentos do teu dia, de modo a que esta prática se interiorize e se torne consciente e possa tornar-se constante.

Que tal te parece? Vamos colocar a Lei em prática?

Eu irei dando conta da minha experiência aqui no blogue…Espero que a partilhes comigo também, seja por comentários aqui no blogue ou pelo e-mail:

madaboutdreams@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s