7 Dicas para a Inspiração

AB34019

Entrámos em 2016 e por isso nada melhor do que começar o ano bem inspirados e motivados com a esperança que vamos poder ser a melhor versão de nós ao longo do ano e conseguir sentirmo-nos melhor connosco com muita paz interior.

Começo o ano com mais um desafio, o de escrever durante sete dias sobre 7 dicas para a inspiração, tendo como fonte os ensinamentos do Mário Caetano, que também é coach e palestrante motivador, e que podes descobrir facilmente através da internet. Ele chamou-lhe 7 dicas para a Inspiração, e faz parte dos conteúdos que ele habitualmente disponibiliza através da internet.

Assim, sendo estás preparada (o) para te deixares inspirar pela vida? O que te inspira atualmente? O que te faz vibrar numa sintonia diferente logo pela manhã? O que te faz querer seguir a caminhada com mais alegria e entusiasmo? O que precisas para seguir em frente?

O ponto de partida, como já vimos em autores anteriores, como o Deepak Chopra nas suas «7 Leis espirituais do Sucesso», é sempre esse diálogo interno connosco mesmo, em que se silencia o exterior, focando-nos na nossa respiração, entrando em níveis de consciência mais profundos, pois é aí nesse patamar que encontramos geralmente as respostas. Respira fundo. Fala a verdade a ti mesmo. Sente-te. Aceita-te inteiramente.

Nesse teu espaço interior interroga-te sobre o que tem sido o teu propósito de vida, a tua missão, o que tens feito para o descobrir ou para o viver e como podes fazer algo para o começar a conhecer. Reflete sobre o modo como estás a conduzir a tua vida. Estarás a dar o teu máximo, a viver todo o teu potencial de forma apaixonada?

Imaginando que este poderia ser o teu último ano de vida (sei que isto pode parecer mórbido mas é um dos mais fortes paradoxos que conheço que me ajuda a viver sempre focada na vida e no modo como posso rentabilizar os momentos em que ando por cá), pensa se tens amado e sido amado, se tens feito a diferença no teu mundo e no mundo dos outros? Focado nos dias limitados que tens pela frente e que ainda te faltam viver, estarias disposto a conhecer aquele país distante que tanto falas, mas nunca te chegas à frente? Atrever-te-ias a realizar aquele teu sonho de saltar de paraquedas e vir pelos céus fora em queda livre? Subirias montanhas como o Everest? Ou conhecerias templos onde poderias fechar os olhos e meditar ou rezar? Calçarias as tuas melhores botas de caminhada e arriscar-te-ias numa peregrinação de fé? O que farias tu?

 Estas questões servem para que possas olhar bem para dentro de ti, pois só tu tens as tuas respostas, só tu sabes o que queres encontrar e experimentar. Lembra-te que a verdadeira inspiração só pode nascer dentro de ti!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s