Caminho dos Sonhos

13903388_507393959459425_2437188867138511058_n.jpg

«Há sempre em todos os sonhos, um caminho infinito, que nos leva entre maravilhas ao lugar que a nossa imaginação consegue inventar. Todos trazemos na alma a nostalgia do paraíso perdido e tudo o que nos aproxime dessa recordação primordial nos emerge num bem-estar quase insustentável.
É quando o coração se aquieta e os olhos fecham que podemos ouvir o murmúrio da água, as vozes das fadas, o estremecer das suas asas transparentes, a melodia do silêncio. É quando conseguimos abstrair-nos da realidade que nos cerca e acreditamos que há algo mais à nossa espera, que o espírito se inunda de luz e o corpo flutua, imponderável, acima do chão. Disse-me um anjo que no amor também é assim.
Quando o coração perde a voz para ouvir apenas o seu próprio batimento e esse é o ritmo do corpo que se entrega, sem tempo, sem culpa e sem pressa e corta todas as amarras para seguir o tal caminho infinito que nos leva, entre maravilhas ao lugar mágico que a nossa imaginação conseguir inventar.
O amor e o sonho, na senda dos milagres, entre águas cor de esmeralda e cascatas de luz. O amor e o sonho.
Sem, eles, qual o sabor da vida?
In: o Livro do Bem-Estar, Rosa Lobato Faria

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s