Propósito de Vida e Significado de Vida

frase-de-motivacao-03.jpg

As reflexões que tenho aqui apresentado sobre o tema do Propósito de Vida têm sido inspiradas na leitura do livro da Joana Areias, «Tu Consegues!», tal como já tinha feito referência em posts anteriores.

Hoje gostava de abordar a importância de darmos um significado ou um sentido à nossa vida, independentemente das contrariedades e dificuldades que se nos apresentarem. Sem esse foco, essa orientação podemos perder facilmente a nossa concentração, a resiliência, desviando-nos do nosso propósito e do que nos faz ser únicos e autênticos. Para vivermos em pleno o nosso propósito é importante que desenvolvamos, como o defende a Joana Areias, uma personalidade autotélica, que nos permita ter «capacidade para encontrar e criar experiências de fluxo, mesmo nos ambientes mais estéreis e adversos». [1]

Como exemplo disso, temos a vida de Viktor Frankl, psiquiatra e neurologista austríaco, que escreveu o célebre livro «O Homem em busca de um sentido». Nesta obra autobiográfica Frankl relata a sua experiência enquanto prisioneiro num campo de concentração, demonstrando a importância de se ter um sentido de vida para se sobreviver num contexto de guerra. Neste sentido, quem conseguia ter um objetivo de vida definido possuía uma maior motivação para enfrentar as dificuldades, encontrando mais forças e inspiração para sobreviver do que aqueles prisioneiros que tinham perdido toda a energia anímica, o foco e a alegria de viver, sucumbindo à doença, aos trabalhos forçados e à humilhação da sua existência.

O conceito de personalidade autotélica revela-se assim como algo que temos de considerar se queremos viver em pleno o nosso propósito, pois prepara-nos para enfrentarmos melhor as adversidades, aumentando o nosso foco e a determinação em relação ao nosso objetivo de vida. Para isso é importante que estejas preparado (a), que escaves bem as tuas raízes e percebas bem o que queres e o que és.

Quanto mais desenvolveres esta personalidade que te poderá levar a conviver com situações difíceis ou a fazer algo que não aprecias, com um menor desconforto possível, mais amarás o teu propósito de vida, pois sabes que és capaz de superar todas as limitações que encontraste no caminho para chegar onde queres e desejas.

O truque que te posso dar é que faças algo que não gostes muito um pouco todos os dias e procures soluções alternativas para melhorar essa experiência e a tua capacidade de lidar com isso. O objetivo é que consigas minimizar as tuas queixas, a tua vitimização e a vibração de energias negativas, provando a ti mesmo (a), que independentemente de tudo, tu és CAPAZ!

[1] Joana Areias, Tu consegues!, Alfragide: Lua de Papel, 2016

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s