Amor Próprio

Naquela noite escura e fria de ventania e tempestade, onde não havia nem luz nem esperança, alguém bateu na porta daquela casa, com pancada forte e sonora.
Perguntei quem era, mas ninguém respondeu. Voltei a perguntar e do outro lado uma voz soou, grave e séria: – Abre!
A medo abri a porta e ele sorriu para mim dizendo:
– Não temas, que eu nunca te trarei medo…mas apenas confiança e a certeza que não há motivos para desespero, nem para te perderes em caminhos sinuosos. A noite escura dará lugar à alvorada e nessa altura toda a tormenta passará, porque tudo ficará limpo e transparente e a brisa será amena e serena e tu poderás finalmente respirar de alívio. Tudo passará, tudo abrandará e tu serás de novo tu própria, na tua essência e no teu esplendor. Mas para isso, terás de me deixar ficar contigo, abrigar-me no teu refúgio e permitir que me instale em todas as divisões da tua casa. Deixa-me fazer-te acreditar que é possível seres feliz de novo e dar-te sempre motivos para que os teus olhos brilhem. Deixa-me morar no teu coração e acordarás todas as manhãs com o se cada dia fosse mágico e cada instante um milagre. Abriga-me na tua mente e todos os teus pensamentos serão luminosos e positivos, sente-me no teu corpo e não terás mais qualquer tipo de dor, nem tristeza e voarás ao sabor do vento e da música que te embala, passo a passo, nessa melodia do sorriso que te transforma em menina que tem sonhos para realizar.
Deixa-me aconchegar o teu sono serenamente e transformar a tua noite em calma e descanso e libertar-te de todas as prisões, todos os pesadelos, todas as ilusões que se desfazem como bolas de sabão. Deixa-me fazer-te acreditar que podes ser pássaro e voar, mesmo que não tenhas asas. Alimentar-te de alegria, de paz e tranquilidade e fazer-te correr pela praia como se não houvesse impossíveis.
Comigo terás sempre tanto, que nunca te secará a fonte do dar e do receber e o teu fluxo será sempre abundante, jorrando noite e dia sem parar, e todo o universo quererá dar-te sempre mais. Comigo as cores com que te vestes serão sempre vistosas e coloridas, e em todas as manhãs verás sempre um rosto radioso refletido no outro lado do espelho. As tuas palavras serão sempre gentis e amáveis e não haverá azedume, nem sentimentos pesados que te maculem o ser.
Deixa-me ficar contigo e permanecer, de verdade e para sempre, sem máscaras, porque sararei todas as tuas feridas e nunca te deixarei sangrar.

E depois de ouvir tudo o que ele tinha para me dizer, fez-se um silêncio e tornei a perguntar:
-Quem és tu afinal?
E ele respondeu: – Não adivinhas? Sou o teu próprio amor.
E naquela noite fria, o calor entrou naquela casa, e eu deixei-o ficar. Sorri-lhe, abracei-o, cuidei dele e prometi-lhe que nunca mais o deixaria partir!

20140504-224646

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s