«Do Drama para o Dharma», de Vera Luz

veraluz_do_drama_para_o_dharma-500x500

O livro sobre o qual gostaria de vos falar hoje é o «Do Drama para o Dharma», de autoria de Vera Luz, que nos apresenta a história de uma mulher chamada Sara, que como todas nós, é uma mulher que carrega aos ombros uma história de vida, repleta de padrões, de crenças limitantes, de medos e de hesitações. Através deste relato percorremos uma interessante experiência de vida, revemo-nos no percurso de Sara, nas dificuldades que encontra e que tem de lidar, nos medos que a perseguem, nomeadamente a falta de autoestima e de amor próprio, o medo da rejeição, a falta de amor, a cobrança e a vitimização.

Vera Luz descreve as várias fases porque passa Sara ao longo da sua vida, e como a Regressão e a Astrologia podem ajudar a entender e descortinar certos aspetos da vida, dando-lhe um sentido mais elevado. Com uma perspetiva espiritual, baseada nas leis universais, é possível identificar como podemos evoluir e crescer com as experiências que trazemos sob a forma de karma e de como podemos ultrapassar os nossos bloqueios. É importante entender que o que atraímos na nossa vida é tudo uma questão de energia, e por isso os outros à nossa volta acabam por ser um reflexo do que emanamos energeticamente. Este livro permite-nos assim um olhar atento sobre quem somos, como podemos aceitar a nossa essência, e olhar para dentro para encontrar as respostas que buscamos.

O interessante na história de Sara é que ela descobre que tudo começa fora do perímetro de segurança e só assim é possível sair do círculo vicioso em que se move, mostrando-nos o poder maravilhoso do amor próprio, e da autenticidade. De Marrocos até à Índia, Sara vai descobrindo novos horizontes, e uma força que julgava impossíveis, conhecendo-se cada vez melhor, o que lhe permite escolher caminhos que não supunha existirem e que lhe revelam sentimentos e realidades deslumbrantes.

Este livro permite-nos também refletir sobre as belas histórias de amor, como lições que devemos ter nesta vida, desmistica-nos a ideia romântica e cor de rosa do «felizes para sempre», pois as pessoas só se relacionam enquanto houver algo que tenham que partilhar e aprender, nada dura para sempre e deve aceitar-se isso com humildade, em vez de se reagir com excesso de apego, cobrança e desamor quando as relações terminam, numa teia de sentimentos e sensações de vibração densa que se multiplica e de onde não é fácil sair ileso.

«Reencontros kármicos amorosos existem, sim, mas não para serem vividos na ilusão do “juntos para sempre”. São encontros fabulosos, cheios de emoções intensas e inexplicáveis e que se dão com a intenção de entreajuda amorosa entre duas almas. São uma maneira discreta do Universo nos lembrar que a vida é muito mais do que aquilo que vemos no nosso dia a dia»., In: «Do Drama para Dharma».

Ao ler este livro certamente encontrarão uma esperança para enfrentar dias difíceis, lidar com amores kármicos inexplicáveis, com as dores de alma, com a insegurança das decisões a tomar. Um livro que nos mostra que é importante entender os factos para além da racionalidade e perceber como podemos aceitá-los e integrá-los numa perspetiva evolutiva para chegar a um patamar de desenvolvimento e crescimento interior mais elevado. Só quem passa pelas dificuldades pode dar valor à vitória, às conquistas e à paz de espírito.

«Do Drama para o Dharma» revela-nos assim que não devemos desistir de ser felizes, porque a felicidade não é o destino, mas o caminho até lá chegar.

Ana Machado

Dia 28 – Lembrar a Magia

dia-28-lembrar-a-magia
Chegámos ao fim do 28 dia de gratidão com a leitura do livro «Magia», de Rhonda Byrne. Ao longo destes dias, espero que tenhas experimentado o imenso poder da gratidão e que a sua prática continuada tem efeitos mágicos na tua vida.
Hoje o desafio é o de recordarmos as coisas boas que nos sucederam ontem ao longo do dia, podem ser coisas grandes ou pequenas, mas pelas quais te sintas grata. Depois de te lembrares delas, anota-as e diz a palavra mágica obrigada.
Prática do dia
1- Listar as 10 bençãos do dia de hoje, lê-as e diz para ti mesmo, 3 vezes obrigada. Sente como elas são importantes para ti. Se realizaste esta prática durante 28 dias já terás escrito 280 bençãos.
2- Lembra-te das bênçãos do dia de ontem e escreve-as.
3- Depois de escreveres as bênçãos de ontem agradece e diz obrigada por elas.
4- Depois de hoje podes fazer esta prática com uma lista escrita, em voz alta ou mentalmente.
5- Antes de ires dormir segura a pedra mágica, pensa na melhor coisa que te aconteceu hoje e diz a palavra chave: Obrigada!
Espero que tenhas gostado de participar neste desafio e que vejas resultados na sua aplicação no teu dia a dia. Lembra-te que depende de ti viveres uma vida Mágica! Deixa-a entrar!

Dia 27 – O Espelho Mágico

dia 27- o espelho mágico.jpeg

A gratidão hoje é dedicado a ti. Olha-te ao espelho, bem nos olhos, e diz a palavra mágica obrigada, com todo o teu coração. Agradece por seres quem és, por seres como és, sem críticas, nem culpas. Sempre que te vires ao espelho repete o exercício.
Quanto mais gratos formos por quem somos, mais felicidade atraímos e é fantástico!
Prática do dia
1- Listar as 10 bençãos do dia de hoje, lê-as e diz para ti mesmo, 3 vezes obrigada. Sente como elas são importantes para ti.
2- Hoje sempre que te vires ao espelho diz obrigada e sente-o verdadeiramente.
3- Enquanto te olhas ao espelho diz três coisas pelas quais estás grata em ti mesma.
4- Antes de ires dormir segura a pedra mágica, pensa na melhor coisa que te aconteceu hoje e diz a palavra chave: Obrigada!

Dia 26 – Transformar magicamente os erros em bênçãos

dia-26-transformar-os-erros-em-bencaos

                                                             «Transforme as suas feridas em sabedoria» Oprah Winfrey

Como o afirma Rhonda Byrne «todos os erros são uma bênção disfarçada». Nesse sentido a tarefa de hoje consiste em descobrir aspetos positivos nos erros que tens cometido, pois há sempre aspetos neles pelos quais devemos ser gratos.
Hoje pensa num erro que tenhas cometido na vida, sem julgamentos, nem culpas. Seja ele qual for. Depois de escolheres o erro que queres transformar, questiona-te: «- O que aprendi com esse erro?, Que coisas boas derivaram desse erro?»
Se fizeres este questionamento de certo encontrarás não só razões para estares agradecida, como te ajudará a ultrapassar e aceitar as lições inerentes aos erros que cometeste.
Prática do dia
1- Listar as 10 bençãos do dia de hoje, lê-as e diz para ti mesmo, 3 vezes obrigada. Sente como elas são importantes para ti.
2- Escolhe 3 um erro que tenhas cometido na vida.
3- Encontra 10 bençãos por que estejas grata em resultado desse erro e escreve-as.
4- Para te ajudar a encontrar as bênçãos , pergunta-te: : «- O que aprendi com esse erro?», «Que coisas boas derivaram desse erro?»
5- Antes de ires dormir segura a pedra mágica, pensa na melhor coisa que te aconteceu hoje e diz a palavra chave: Obrigada!

Dia 25- Que entre a Magia

dia 25 - que entre a magia.jpeg
«A vida é jovialidade…Temos de brincar para redescobrirmos a magia à nossa volta», Flora Colau, escritora e terapeuta

O dia hoje é uma espécie de um jogo entre ti e o Universo, pois este deixa-te dicas mágicas para sentires gratidão na tua vida. Por exemplo se ouvires uma sirene de uma ambulância, agradece por tu estares bem, se vires alguém com o peso ideal que ambicionas ter, dá graças pelo teu peso ideal. Se vires um casal apaixonado, tens a deixa para agradecer pelo teu companheiro perfeito. Quando fores ao multibanco, agradece pela abundância de dinheiro, quando chegares a casa, dá graças por teres uma casa confortável para viveres. Sente gratidão pelos desejos que desejas realizar e inspira-te com as experiências que este dia te traz. Vale tudo, e quando digo tudo, é mesmo tudo…E que entre a magia!
Prática do dia
1- Listar as 10 bençãos do dia de hoje, lê-as e diz para ti mesmo, 3 vezes obrigada. Sente como elas são importantes para ti.
2- Concentra-te naquilo que te rodeia e segue pelo menos 7 deixas recebidas ao longo do dia. 3- Antes de ires dormir segura a pedra mágica, pensa na melhor coisa que te aconteceu hoje e diz a palavra-chave: Obrigada!

Dia 24 – A Varinha de condão

15420789_563411357191018_2109525811906302563_n

Nesta aventura pela magia da gratidão, Rhonda Byrne convida-nos a pensar neste poder como se fosse uma varinha de condão. Por isso neste momento imagina-te como uma fada madrinha que pode ajudar as outras pessoas em várias áreas da sua vida, seja a nível de saúde, financeiro, amoroso, familiar, etc.
Para que a magia funcione e resolver cada problema das outras pessoas precisas apenas agitar a varinha de condão sobre elas através da tua imaginação. Se a pessoa que queres ajudar tiver problemas de saúde, por exemplo imagina que ela está recuperada e diz a palavra obrigada ao receberes a notícia da sua recuperação. Podes imaginar que a pessoa te telefona ou te dá essa notícia pessoalmente, imagina a tua reação. Podes fazer este processo para qualquer tipo de problema que pretendas ajudar a resolver nas outras pessoas, prosperidade, felicidade…
Prática do dia
1- Listar as 10 bençãos do dia de hoje, lê-as e diz para ti mesmo, 3 vezes obrigada. Sente como elas são importantes para ti.
2- Escolhe 3 pessoas de quem gostas e gostarias de ajudar com mais saúde, mais prosperidade ou felicidade, ou as três.
3- Se conseguires arranja uma fotografia de cada uma dessas pessoas (podem ser imagens no computador ou telemóvel, por ex.) e olha para ela enquanto fazes este exercício.
4- Pensa na pessoa, olha para a fotografia e depois fecha os olhos. Imagina que a pessoa recuperou a sua saúde, prosperidade ou felicidade e que estás a receber essa notícia
5- Abre os olhos e diz «Obrigada, obrigada, obrigada pela saúde, ou prosperidade, ou felicidade, conforme o caso, de … Nome da pessoa»
6- Prossegue o mesmo procedimento para as 3 pessoas que escolheste para usares a tua varinha de condão.
7- Antes de ires dormir segura a pedra mágica, pensa na melhor coisa que te aconteceu hoje e diz a palavra chave: Obrigada!

Dia 23 – O Ar mágico que respira

dia 23 - o ar que respira.jpeg
O dia hoje vai ser dedicado a agradeceres o ar que respiras, algo que nem se dá conta da importância, de tal modo é um processo inconsciente, mas se não houvesse ar na terra como respirarias e manterias a tua sobrevivência?
Por isso hoje pensa como és afortunada em poder respirar e como ele é importante para ti. Cinco vezes no teu dia dá atenção ao ar que respiras e sente-o a mover-se dentro de ti, e sente alegria ao expirá-lo e agradece por teres ar para respirar.
Prática do dia
1- Listar as 10 bençãos do dia de hoje, lê-as e diz para ti mesmo, 3 vezes obrigada. Sente como elas são importantes para ti.
2- Cinco vezes, hoje durante o dia toma atenção ao ar que respiras e sente alegria e gratidão por ele.
3- Depois de respirares diz as palavras mágicas «Obrigada pelo ar mágico que respiro».
4- Antes de ires dormir segura a pedra mágica, pensa na melhor coisa que te aconteceu hoje e diz a palavra chave: Obrigada!

Dia 22 – Perante os seus Olhos

dia-22-perante-os-seus-olhos
Entramos na reta final do desafio da gratidão inspirada no livro «Magia», de Rhonda Byrne e hoje o dia é para ser dedicado aos seus desejos, por isso pega na lista dos dez desejos que criaste e lê cada frase e desejo da tua lista e durante cerca de um minuto imagina ou visualiza que este já se realizou e sente-te grata por isso.
Leva contigo a lista para onde fores e pelo menos duas vezes durante o dia pega nela e sente-te grata pela sua realização.
A partir de hoje anda com a tua lista de desejos na carteira ou na mala e repete várias vezes o ritual anteriormente descrito. À medida que os fores realizando acrescenta outros.
Prática do dia
1- Listar as 10 bençãos do dia de hoje, lê-as e diz para ti mesmo, 3 vezes obrigada. Sente como elas são importantes para ti.
2- No início do dia pega na tua Lista de desejos, que já criaste anteriormente.
3- Lê cada um dos desejos, imagina e visualiza que recebeste cada um dos teus desejos e sente-te grata por isso.
4- Leva contigo a tua Lista e em pelo menos duas ocasiões tira a lista e lê-a, sentindo gratidão pela sua realização.
5- Antes de ires dormir segura a pedra mágica, pensa na melhor coisa que te aconteceu hoje e diz a palavra chave: Obrigada!

Dia 20 – Magia do Coração

dia-20-magia-do-coracao

“ A gratidão é a memória do coração”
Jean-Baptiste massieu (1743-1818) ativista da Revolução Francesa

A prática de hoje sugerida por Rhonda Byrne é concebida para aumentar o poder da gratidão, concentrando a mente na zona do coração. Fecha os olhos e diz mentalmente a palavra mágica obrigada. Sente o teu coração de cada vez que o dizes. Para realizares o exercício terás de ir buscar a tua Lista dos 10 desejos e praticar a Magia do Coração a cada desejo. Lê o desejo em voz alta. Depois fecha os olhos e sente o teu coração vibrar por cada vez que agradeces o teu desejo realizado.
Prática do dia
1- Listar as 10 bençãos do dia de hoje, lê-as e diz para ti mesmo, 3 vezes obrigada. Sente como elas são importantes para ti.
2- Concentra a tua mente na zona do coração.
3- Escolhe três das coisas mais importantes da tua lista e imagina que foste tu a realizá-las.
4- Fecha os olhos e mantendo a mente concentrada no coração diz a palavra mágica obrigada.
5- Pega na tua lista dos dez desejos e pratica a magia do coração lendo cada desejo. Fecha os olhos, concentra-te no coração e agradece.
6- Antes de ires dormir segura a pedra mágica, pensa na melhor coisa que te aconteceu hoje e diz a palavra chave: Obrigada!

Dia 19 – Passos Mágicos

dia-19-passos-magicos

«Cem vezes, todos os dias, recordo a mim próprio que a minha vida interior e exterior depende dos trabalhos de outros homens, vivos e mortos, e que tenho de me esforçar para dar na mesma medida em que recebi e continuo a receber.” Albert Einstein

Este pensamento de Einstein é o ponto de partida para o nosso exercício de gratidão de hoje. Assim, vais dizer cem vezes obrigada e vais fazê-lo dando cem passos mágicos. Enquanto dás estes passos vais dizendo a palavra mágica: obrigada, um pé, obrigada, outro pé obrigada e por aí adiante. Mas como é difícil contar e sentir a palavra ao mesmo tempo, faz o exercício pelo menos durante 90 segundos seguidos, é o tempo suficiente para dares 100 passos mágicos de gratidão. Vamos a isso?
Prática do dia
1- Listar as 10 bençãos do dia de hoje, lê-as e diz para ti mesmo, 3 vezes obrigada. Sente como elas são importantes para ti.
2- Dá cem Passos Mágicos ( caminha durante cerca de 90 segundos) em gratidão. Escolhe três das coisas mais importantes da tua lista e imagina que foste tu a realizá-las.
3- A cada passo diz e sente a palavra obrigada a ressoar dentro de ti.
4- Antes de ires dormir segura a pedra mágica, pensa na melhor coisa que te aconteceu hoje e diz a palavra chave: Obrigada!